Joyce Pianchão

O objetivo primordial aqui é incentivar as crianças a se interarem com o mundo da leitura e da escrita. É o de valorizar o que produzem e como produzem. É promover a interação do aluno, da família e dos amigos em favor da alfabetização e letramento.

sábado, 20 de agosto de 2016

VAI PROGRAMAR UM PASSEIO?


Biblioteca é a mais marcante aventura para uma criança que a família e a escola podem programar. Repetidas vezes, aventura semanais,que podem acontecer em casa,na escola, nos espaços públicos,nas livrarias. 
Já foi? Volte! 
Há sempre uma nova descoberta,um novo querer, um novo estímulo, uma nova motivação.
Enfim,muitas e muitas possibilidades de acontecer o gosto pela leitura,pela escrita, o despertar da fantasia, da imaginação, da criatividade, do conhecimento,da diversão,do brincar, da  troca, do compartilhamento, do encontro, de novas ideias, novos projetos.
Tudo pode acontecer num cantinho onde há livros.  

Joyce Pianchão

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

ESTUDANTE,PROVOCADOR DE MUDANÇAS

Crédito na imagem.





Ser estudante já significou um bocado de coisas que hoje já não se aplica mais, pois estudante é mais amplo que ser aluno, diverge do comportamento de um discípulo, de um mero seguidor, ávido de conhecimento.

Por que mesmo depois de tanto tempo em salas de aula, muitos de nós não se sentem confortáveis para se posicionarem, para questionar, criticar ou mesmo expressar, mesmo que seja em situações informais?

Por muito tempo acreditamos que o bom estudante era aquele que recebia passivamente o ensinamento, absorvia-o sem entender muitas vezes porque o recebia e onde aplicaria o conhecimento adquirido. O bom estudante era conhecido somente pelas boas notas, bom comportamento e por sua aceitação passiva às normas, regras e até mesmo crenças religiosas e ações “educativas”.   Quem não se adaptava a estes moldes não prosseguia nos estudos.

Hoje, porém, a coisa mudou! O bom estudante é aquele que corre atrás do que quer, que questiona o que recebe, é ativo e participa da construção das ações escolares. O estudante contemporâneo compartilha o seu conhecimento com a escola. Interage com o mundo, através dos muitos e variados recursos tecnológicos. A escola abre hoje seus portões e aceita o desafio de não ser o único, mas um recurso orientador e essencial de aprendizagem.
 Muitas mudanças ainda são necessárias no ambiente escolar, como na maneira como acolhe e respeita a “bagagem” do estudante e nas possibilidades que dá a todos sem discriminações.

É o estudante o primeiro provocador de mudanças na escola. 

O que se espera é que o estudante assuma a sua importância neste trilhar escolar. Se ele tem consciência do papel fundamental que exerce neste contexto e a partir deste em muitos outros, a educação encontra o rumo ao seu verdadeiro e primordial objetivo, ser o veículo condutor para uma aprendizagem plena e eficaz. E é a própria instituição escolar a responsável por despertar no aluno as suas potencialidades de estudante.

 Escola é escola, não importa que seja pública ou particular, municipal, estadual ou federal, grande ou pequena, urbana ou rural, não importa! Todas têm é que ter os recursos básicos, gente competente, valorizada e compromissada que deem funcionalidade ao espaço escolar que existe para o aluno e com o aluno. 

As alternativas para prosseguir os estudos são bem maiores, há mais disponibilidade de chances para todos que queiram estudar.

Ser estudante é bem mais do que ser um aluno matriculado na escola, é saber que tem o dever pessoal de aproveitar todas as possibilidades para se desenvolver bem e concorrer igualmente com os demais na construção dos seus ideais de vida. 

Todos os dias são seus, estudante! 

Agarrar as chances e saber o que exatamente quer para si é a chave que abre muitas possibilidades de fazer melhor por você, para a escola e para muita gente!

 Joyce Pianchão


sábado, 6 de agosto de 2016

Ser pensante...

 Imagem:Eu amo leitura

A criança que lê é um ser pensante,que lida melhor com a aprendizagem, pois não espera pelos ensinamentos, corre atrás, pesquisa, se informa e pensa. E se pensa torna-se crítico, questionador,conhecedor. Enfim, torna-se um ser ativo e participativo.
Joyce Pianchão

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Livros em todos os cômodos da casa

 Imagem no Eu amo leitura.

A propaganda e a disponibilidade do produto fazem toda a diferença.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

RECADO IMPORTANTE PARA A FAMÍLIA

imagem do www. facebook.com/linguaportuguesa07

 
Como começar? 

Lendo para o seu filho, o resto acontece naturalmente...

Joyce Pianchão

sábado, 30 de julho de 2016

Acredito que sim...

Imagem no blog: Doe seu sorriso

sexta-feira, 29 de julho de 2016

VOCÊ SE LEMBRA?

Crédito na imagem


Um livro na infância que marcou a sua vida


Você se lembra daquele livro que fez você gostar de ler e procurar por outros e mais outros livros?

 Foi o livro que um familiar lhe presenteou?  

 Ou foi aquele que o seu professor leu e você sentiu vontade de pegar, cheirar, ver e fazer dele o seu livro?

Ah, já sei! Foi aquele que você folheou na biblioteca, na livraria, na feira de livro e logo que pode pediu-o de presente?

Oh!...Você não se lembra?
...


Para que a criança de hoje, possa amanhã ter  boas lembranças de sua infância, tendo o livro como ferramenta eficaz para seu desenvolvimento pessoal e intelectual, são necessárias ações conscientes dos adultos de hoje responsáveis por estas lembranças futuras.

Joyce Pianchão